Escrito por um Gay, para todo o mundo.
.posts recentes

. angel of mine

. Solidão

. Before the dawn

. Apetece-me algo

. Preciso de ti

. Bom Fim de Semana

. Precisa-se de um AMIGO

. Bom dia

. Quem sou eu?

.arquivos

. Maio 2007

. Abril 2007

Segunda-feira, 30 de Abril de 2007
Bom dia

Já é dia. O sol já brilha lá fora. Ontem a noite foi fantastica. Passeei-me pelo Bairro Alto, com um grupo de amigos. O Bairro que não dorme. Acabamos a noite no Finalmente, com mais um copo, mais uma conversa e mais um amigo :) Olhei para aqueles lindos olhos verdes, barba bem feita, corpo bem definido, bem vestido e cheiroso, trintão, enfim, um Gato. Quando me tocou com a sua mão na minha, o meu corpo estremeceu. Ele percebeu, e sorriu, num sorriso intenso e brilhante, que me fez corar. Num gesto afasta-me do grupo e leva-me para um sitio mais sossegado. Fala-me sobre ele, sobre o que faz na vida, os seus sonhos, as suas aventuras e desventuras. Prende-me em cada palavra, em cada gesto e em cada movimento do seu corpo. Depois de quase uma hora numa interessante conversa, olha para o relogio e suspira. - Faz-se tarde, precisas de boleia. Eu aceno que sim, com a cabeça, desejoso por estar mais um bocadinho com aquele gato. Entrei num VW Golf, impecavel, limpinho por dentro e por fora, que num apice, me deixou a porta de casa. - Queres beber alguma coisa, um café, outra bebida. Pergunto timidamente. Ele olha-me nos olhos e sorri - Adorava. Subimos as escadas sem fazer barulho, meto as chaves na porta e abro sem demora, acendendo a luz do hall num gesto automatico. - que queres.... Sou interrompido por um beijo intenso, doce e forte. As minhas pernas tremem. Que beijo. Ainda lhe sinto o sabor, o cheiro, o toque. Toca-me o corpo todo, com uma intensidade, beija-me e abraça-me, deixa-me quase sem folego. Desço e Baixo-lhe as calças, num movimento rapido, deixando um belo pedaço de sexo masculino, ja todo excitado, bem à vista.

Beijo-o e meto-o todo na boca, sem demora, sem hesitações.

Saboreio-o bem, aquele aroma doce/salgado.

Acaricio-lhe as nadegas fortes e as pernas musculadas.

Ele geme de prazer, e eu Adoro o que faço.

Todos os segundos são segundos de prazer, de alegria.

O seu corpo estremece e ele solta um longo gemido. Sinto um jacto quente a inundar-me a boca. Chupo todo aquele nectar, sem derramar uma gota, sem perder um bocadinho daquele prazer, daquele amor.

O Gato puxa-me para ele, e beija-me longamente.

- Adorei meu querido. Diz-me num sussuro meigo.

Depois doutro beijo longo, e outro, e outro, ele despede-se de mim.

- Até amanhã.

 

publicado por gay69 às 15:05
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
31
.tags

. todas as tags

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds